O sal pode perder o sabor?

Recebi o seguinte questionamento de Cristina:

Em Mateus V, 13 lemos:

Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens.

Como isso é possível? O sal pode perder o sabor? Esse ensino se baseia numa possibilidade fictícia? Recebi essa pergunta de um ateu.

Não, Ele não se enganou!

Mas, em primeiro lugar, vale lembrar que o valor espiritual do que está dito é que importa, seja usando um exemplo real, seja um fictício. O sal é um conservante, assim, a ilustração de Nosso Senhor significa que seus discípulos deviam proteger outros da degradação espiritual e moral.

Agora, falando sobre a possibilidade do sal perder seu gosto peculiar, a The International Standard Bible Encyclopedia diz: “O sal da região do Mar Morto geralmente estava misturado com outros minerais e podia acabar se dissolvendo, sobrando apenas uma substância sem gosto”. Portanto, podemos entender por que o Divino Mestre descreveu essa substância como algo que “para mais nada serve senão para ser lançado fora”. A enciclopédia acrescenta: “Embora o sal do Mar Morto fosse inferior à maioria dos outros sais marinhos por causa de sua impureza, ele era a principal fonte de sal da Palestina em vista de seu fácil acesso (podia ser simplesmente recolhido à beira mar).” Para mim isso ainda acrescenta outra lição espiritual: todos os que são “impuros”, caso venham a ser “recolhidos pela graça”, podem se tornar “conservantes espirituais”!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s