Categorias
Apologética

O Natal, o “paganismo” e o protestantismo

5 respostas em “O Natal, o “paganismo” e o protestantismo”

Este pseudo conde, não passa de um pagão travestido de católico, fala palavrões, ensina erroneamente o Magistério da Igreja. Que pena este video ser postado (incentivado) aqui neste blogue, ao qual venho nutrindo admiração.

Bem, eu discordo de sua a avaliação sobre o Conde. Ele não é pagão, é católico; falar palavrões não desmerece em nada o conteúdo que ele produz; e não sei no que ele ensina erroneamente o Magistério. Dito isso, não concordo com ele em muitas coisas, em especial na avaliação do governo Bolsonaro, e reconheço que ele não tem conhecimento sobre a resistência tradicionalista. E, mesmo que concordasse com sua avaliação, ainda assim o conteúdo do vídeo seria interessante; a informação vale por si, independente de quem a expõe.

O Conde Loppeux é cristão evangélico e ele defende bem a Igreja Católica contra as argumentações protestantistas. Ele foi um dos primeiros cristãos evangélicos que eu vi no youtube defendendo a Igreja Católica.

Se com “evangélico” você se refere a protestante, está enganado. O Conde é católico. Se concentre no conteúdo do vídeo, não na pessoa que está nele.

Olá Thiago acho que você não entendeu quando escrevi evangélico. Geralmente a palavra “evangélico” é atribuida só aos protestantes mas isso não está correto, pois evangélico é quem segue o Evangelho de Jesus então os católicos romanos e ortodoxos também são evangélicos. Eu gosto do Conde Loppeux mesmo eu não sendo cristão e nem teísta, para mim ele defende bem a Igreja Católica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s