A solidão não é um inimigo

Por alguma questão ocidental, fomos levados a achar que a solidão é um inimigo. Estamos a todo custo, tentando não estar só. Assim, perdemos uma grande oportunidade: o diálogo interno, a reflexão, a investigação de nós mesmos.

– Ricardo Darín (no programa Sangue Latino, do Canal Brasil

É interessante como um ator que não sei se é católico ou não, percebeu essa verdade universalmente afirmada pelos grandes mestres espirituais. Meu único senão à colocação dele é que considero um equívoco dizer que essa impressão sobre a solidão é um produto do Ocidente, ela é, isso sim, uma das consequências do espírito de rebanho que marca nossa cultura desde a Revolução Francesa, ou seja, precisamente do que é antiocidental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s