Como o cristão de hoje deve se mortificar?

A mortificação é um elemento tão necessário à vida cristã, que quem não quiser renunciar a si mesmo jamais poderá ser santo. Mas quais são, no fim das contas, as formas de mortificação mais adequadas para os dias de hoje? Será que todo cristão está sempre obrigado a fazer longuíssimos jejuns, ficar sem dormir e ferir a própria carne com cilício ou coisas parecidas?

Nesta novo vídeo, Padre Paulo Ricardo nos dá uma lição preciosa, à luz da doutrina de São João da Cruz e Santa Teresinha do Menino Jesus, acerca da melhor maneira de se mortificar nestes tempos em que nos tocou viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s