O espectro da direita no Brasil

Desde que tomei consciência da “vida política” defendi posições consideras conservadoras, de direita ou algo do tipo, e no tempo, longo, em que isso era praticamente “clamar sozinho no deserto” (final dos anos 90 até 2013) muitas vezes tive de enfrentar uma série de agressões, incompreensões ou sabotagens por causa delas. Nos últimos cinco anos, contudo, com o movimento cultural que levou à ascensão da direita “olavista-bolsonárica” fico muitas vezes parecendo um esquerdista ao ter, por fidelidade a princípios civilizacionais, de me contrapor às sandices reacionárias mais variadas. Assim, tive a grata surpresa de descobrir hoje esse vídeo, em que Willian Waack, entrevistado por Pondé, tenta explicar o que está acontecendo (obviamente sou muito mais conservador que ele):

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s