Santo Tomás de Aquino hoje

santo tomás

Com o recente término do site O Indivíduo, o que vou postar aqui pode ser visto como uma relíquia: uma entrevista (12/2006 – achada no 4shared) conduzida por Pedro Sette Câmara com Omayr José de Moraes Junior (tradutor do Comentário ao Pai Nosso e do Comentário a Ave Maria – ou Comentário à Saudação Angélica – de Santo Tomás).

1. Os sacerdotes que testemunharam o Vaticano II tinham mais resistência a São Tomás do que os sacerdotes mais jovens. O estudo de São Tomás de Aquino pelos manuais e os males que isto trouxe.

2. Depois que a Igreja Católica de certo modo parou de dar tanta importância a São Tomás, os não-católicos, sobretudo os anglo-saxãos, sentiram-se “liberados” para estudá-lo.

3. Como alguém que nunca leu São Tomás deve se aproximar de sua obra? Qual o São Tomás mais acessível?

4. A estrutura da vida intelectual na Idade Média. O que São Tomás enfrentou para tornar-se professor. O confronto de pares e alunos.

5. A disputa medieval, o “torneio dos clérigos”. Disputas ordinárias e quodlibetais, sempre ao vivo, sem a possibilidade de voltar ao gabinete para procurar bibliografia.

6. São Tomás de Aquino é “multifacetado”. Mas que facetas são essas? Quais eram as expectativas que São Tomás precisava atender? São Tomás pregador, como bom dominicano. E, antes de tudo, um santo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s