Um mal chamado suicídio

Antigamente, para nós brasileiros, o mal do suicídio era uma realidade que aparecia somente nas estatísticas dos países de primeiro mundo, como a Suécia ou o Japão. Mas, nos últimos tempos, o suicídio tem se apresentado como uma realidade assustadoramente próxima de nossa sociedade.

Quais transformações sociais e institucionais estariam nas raízes deste mal? Que atitudes e decisões espirituais poderiam exorcizar este espectro que ronda as nossas famílias?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s